GERAÇÃO PROZAC

segunda-feira, julho 03, 2006

Manual do Perfeito Idiota Latino Americano




Sim, esse livro é um classico dos “neoliberais”! Foi escrito pelo cubano Carlos Alberto Montaner, o escritor e jornalista colombiano Plinio Apluleyo Mendoza e Álvaro Vargas Llosa. Todos ex-esquerdistas.


Concordando ou não com o que está escrito no livro, o fato é que os textos desses 3 marxistas desiludidos é um tapa da cara de muita gente. Eis aqui algumas analises interessantes sobre o livro:



Nos dias de hoje, as crises que se sucedem em vários países da América Latina dão novo alento aos “idiotas” que reacendendo velhos e desmoralizados “slogans” estão levando vários países a reafirmar seu compromisso com o atraso, elegendo demagogos e populistas, tentando buscar alhures as justificativas para as erros, dificuldades e carências internas. Como nossos “hermanos” argentinos que se queixam do FMI e parecem esquecer que grande parte de sua dívida externa foi feita para comprar armas destinadas à malograda aventura nas Malvinas” (Raymundo Negrão Torres)


O idiota de esquerda não adquiriu uma consciência individual; afinal, ele faz parte da massa bovina. Se importar apenas com a sua própria vida lhe causa sofrimento. Seu espírito, definitivamente, não evoluiu.

Reparem que todo idiota de esquerda tem o seu espírito parecido com um professor, pequeno, barbudinho, mirrado, de uns setenta anos, que entra na sala e escreve no quadro: abaixo os homens brancos, católicos, capitalistas e ocidentais; eles nos dominam com a sua cultura opressiva.

Logo depois o mesmo idiota grita com força, quase implorando (na mão esquerda um livro do Emir Sader ou do “Frei” Leonardo Boff, a escolha é livre): “Nós somos pobres porque eles são ricos e vice-versa! Eles ganham e nós sempre perdemos! Abaixo a exploração de que somos vítimas por parte dos países ricos do planeta!”.

Reparem que o chavão é tão abstrato e sem sentido, que é de causar náuseas a qualquer ser intelectualmente honesto.

Ora bolas, afinal, quem são eles? Os ingleses? Os judeus? Os “malditos” ianques? Os empresários? Os capitalistas? Os jogadores de videogame? Os jornalistas esportivos? Os donos de padaria? Os jogadores de futebol do Real Madrid? Os atores da globo? Os...” (Sydnei Vida)


Segue aqui uma entrevista com um dos autores da Manual.

E vocês, leitores do geraçãoprozac, o que pensam sobre o assunto? Já conseguiram identificar algum perfeito idiota latino americano?




11 Comments:

  • Só fazendo alguns esclarecimentos:

    O geracaoprozac veio para confundir, nao para dizer Amém.

    Queremos é mexer na ferida mesmo, de todos. Ninguem é tão seguro de si nem dono da verdade. Nem nós somos.

    Somos desafiadas, mas também gostamos de desafiar as pessoas.

    Sempre quis comentar sobre esse livro. E como eu percebi que o pessoal anda chutando muito o pau da barraca, perdi o medo.

    Espero que esse topico seja debatido da maneira mais coerente possivel.Mas se não for, não tem problema. O importante é tentar.

    By Blogger geração prozac, at 8:41 PM  

  • Erica,
    quanta verborragia da patifaria neoliberal!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    booooooa!!!!!!!
    Gabi
    P.s.:amei a foto!

    By Blogger geração prozac, at 8:27 AM  

  • realmente tem muitos por ai
    gente que parece que pára no tempo e fica agarrado àquelas ideologias caducas do século 19 e aos esteriotipos de "esquerdistas autenticos"
    as vezes tem até boas intençoes mas essa postura pouco contibui para aglutinar mais pessoas...
    serão sempre muito bons enquanto estiverem bradando na oposição

    esse post me lembrou um música do mestre Belchior:
    "Sou apenas um rapaz latinoamericano
    sem dinheiro no banco, sem parentes importantes
    e vindo do interior..."
    Ah, grande Belch!!!!

    By Blogger Vitor Taveira, at 11:36 AM  

  • Very best site. Keep working. Will return in the near future.
    »

    By Anonymous Anônimo, at 3:32 PM  

  • I find some information here.

    By Anonymous Anônimo, at 5:11 AM  

  • Greets to the webmaster of this wonderful site. Keep working. Thank you.
    »

    By Anonymous Anônimo, at 1:29 AM  

  • Great site loved it alot, will come back and visit again.
    »

    By Anonymous Anônimo, at 6:39 AM  

  • Estou aqui meio por acaso.

    Dizer que TODO esquerdista, assim como TODA pessoa de direita é idiota soa maniqueista, ou seja, um raciocínio Pobre, de simplismo.

    Existem 2 pontos a se considerar:

    1) O capitalismo criou condições Estruturais - posse dos meios de produção e criação deliberada de grandes exercitos de desempregados, que mata a democracia de Oportunidades, exemplo claro, o filho de um lixeiro terá IMENSAS dificuldades de se formar em Medicina...

    2) Me custa admitir, mas a esquerda Brasileira, mercê da semi destruição da educação pública, caiu de certa forma numa síndrome de vitimização.

    Concluo que o Livro é simplista e não analisa questões estruturais do que leva a uma sociedade dita civilizada produzir dois bilhoes de famintos (sem rejeitar os diamantes e outros recursos da África, por exemplo), e meia dúzia de bilhonários e um capitalismo financeiro trilhonário e improdutivo - a última crise fez desaparecer simplesmente alguns trilhoes de dolares fruto de imaginário de Wall Street.

    By Anonymous Partisan, at 7:07 PM  

  • A América Latina é o que é não por culpa da ditas esquerdas, ou dos perfeitos idiotas, como queiram. O poder, de fato, esteve na maioria dos casos, nas mãos dos "lúcidos". É só ler sobre a história dos países da America Latina. Escolham os autores... Vai ver que a dívida da escravidão que ainda pesa sobre nossa cabeça seja mais uma idiotice. Assumo: Sou um perfeito idiota! Tenha dó...

    By Anonymous Josemar, at 9:57 AM  

  • A grande maioria da população, incluindo aí todos os ditos 'esquerdistas' e intelectuais do esquerda NÃO FAZ A MENOR idéia do que é capitalismo ou liberalismo ou seja lá qual for o nome do 'inimigo' deles.

    O sujeito aí da o exemplo do filho do lixeiro para justificar 'falhas estruturais'.

    Amigo, é muito simples. Se o governo investir o imposto gerado na criação de boas escolas/universidades e criar políticas 'neoliberais' que favoreçam a criação de postos de trabalho, o filho do lixeiro pode acabar virando presidente.

    E o sistema econômico capitalista continuou o mesmo.

    By Blogger Andre, at 12:46 PM  

  • André, a melhor idéia do que é capitalismo e estar inserido e viver nele. E a melhor forma de saber se um sistema funciona é pegar dados concretos em termos de qualidade de vida e saber se ele realmente beneficia a maioria e não apenas um pequeno e restrito grupo. E este sistema deve ser livre a ponto de permitir que as diferenças entre as pessoas exista de forma natural, pois uns são mais inteligente, tem mais sorte e etc. O que não pode ser diferente são as oportunidades, pois numa sociedade inteligente e justa para com os seus, todos devem estar sob as mesmas regras. Foi a isto que a comentarista logo acima quis se referir. E lembre-se que impostos são apenas uma pequena parte de discussões envolvendo os sistemas e suas falhas e virtudes. Imposto por sí só não resolve. Quem dera a solução fosse tão simples como você imagina.

    By Anonymous Marcelo, at 11:52 AM  

Postar um comentário

<< Home